UFO “vivo” é filmado no México


Teriam os pesquisadores de OVNIs recém avistado uma criatura gigantesca e brilhante ‘nadando’ através do céu do México? Ou seria somente um pedaço de plástico?

O incansável caçador de OVNIs, Scott C. Waring, do site UFO Sighitings Daily, diz: “Não é com frequência que você vê um OVNI que se move como se fosse uma animal vivo e respirando, mas este é um deles. Tais criaturas existem no espaço e têm sido registradas em câmeras ao vivo, mas para vê-las em nossos céus, isso é ainda mais raro”.

Mesmo fãs árduos de OVNIs estão um pouco desconfiados deste suposto avistamento. Um deles disse: “Eu totalmente acredito em OVNIs, mas este meio que se parece como um saco azul rasgado, pego pela corrente aérea”.

Nigel Watson, autor do Manual de Investigações de OVNIs, diz que a ideia de “criaturas vivas” nadando através de nossos céus não é nova. Ele diz: “A ideia de criaturas ETs celestes em nossos céus foi proposta por Charles Fort, que foi o grande colecionador de mistérios no início de Século XX. Em seu livro Lo! ele aponta: ‘Coisas desconhecidas e luminosas, ou seres, têm muitas vezes sido vistas, algumas vezes próximas da Terra, e algumas vezes nas alturas do céu. Pode ser que algumas delas fossem coisas vivas que ocasionalmente vêm de algum outro lugar'”.

Arthur Conan Doyle, o criador de Sherlock Holmes, até mesmo escreveu uma história em 1913 chamada ‘The Horror of the Heights’ (O Horror das Alturas – título em tradução livre, n3m3) que fala de criaturas semi-sólidas no céu engolindo aviadores. Quando o herói da estória tenta agregar evidências de suas existências, ele nunca retorna; tudo que permanece é um caderno manchado de sangue, finalizando com as palavras:

“Quarenta e três mil pés. Eu nunca verei a Terra novamente. Eles estão abaixo de mim; três deles. Deus me ajude; é uma morte terrível para se morrer!”

O ovniólogo Trevor Constable foi o pioneiro da fotografia de OVNIs usando filme infravermelho, durante a década de 1960. Ele considerou os OVNIs como sendo seres biológicos, os quais vivem no céu. À medida que eles vêm mais próximos da Terra, eles ficam mais visíveis e podem disparar raios para se defender. Em seu livro de 1958,“They Live in the Sky” (Eles Moram no Céu – título em tradução livre n3m3), ele diz que estas criaturas são invisíveis aos nossos olhos, mas que o filme infravermelho pode capturar imagens delas à medida que voam acima de nós. Hoje, alguns ovniólogos adaptaram suas câmeras de vídeo para capturarem imagens infravermelhas de OVNIs.

Talvez existam criaturas similares a águas-vivas invisíveis ou luminosas que habitam os nossos céus. Embora não existam provas concretas, esta é uma fascinante teoria.

Veja o vídeo em questão:


Fonte: Ovni Hoje

0 comentários: