7 Crimes não Resolvidos


O mundo pode parecer um conto de fadas para muitas pessoas, mas não é bem assim. Existem pessoas no mundo que são muito ruins, capazes de cometer crimes tão cruéis que você simplesmente não pode acreditar que algo parecido realmente aconteceu. Infelizmente isso é mais comum do que parece, e o pior, alguns desses crimes nunca chegam a serem resolvidos.

Mesmo com todas essas novas tecnologias, alguns crimes são simplesmente impossíveis de serem solucionados pela falta de provas ou pelas condições dos acidentes. O Ultra Curioso separou 7 crimes não resolvidos que parecem obras satânicas:

1- Tylenol


O remédio Tylenol, bastante conhecido aqui no Brasil para qualquer dorzinha de cabeça, fez parte de um episódio bem triste em 1982. Ele matou ao todo 7 pessoas e não se sabe quem foi que adulterou os frascos do remédio. Milhões de unidades foram retiradas das prateleiras de farmácias, mas nem todas estavam envenenadas. Esse caso nunca foi resolvido.

2- Scandinavian Star


No 7 de abril de 1990, um terrível incêndio aconteceu em um navio chamado Scandinavian Star. Ao todo morreram 159 pessoas e foram 10 horas para que o navio fosse rebocado. Quando fizeram a pericia, constataram que o fogo não foi acidental e que ele surgiu simultaneamente em vários pontos do navio, ou seja, alguém colocou fogo no navio propositalmente. Esse mistério nunca foi solucionado.

3 - Malásia Airlines


Malásia Airlines já passou por alguns acidentes trágicos mas um, que aconteceu em 1977, deixa qualquer um com uma pulga atrás da orelha. Era 4 de dezembro quando um dos aviões da empresa foi sequestrado e depois de 40 minutos, caiu matando todos que estavam dentro do avião. Quando foi verificada a caixa preta, 3 tiros foram ouvidos. Provavelmente um para cada piloto e um que o assassino que atirou em sua própria cabeça. Depois o piloto automático foi desligado e o logo em seguida o avião caiu. Muitos mistérios permaneceram já que os corpos estavam totalmente irreconhecíveis e também existem relatos que o avião tenha explodido em pleno ar. Não foram encontrados vestígios da explosivos e como não dava para identificar os corpos, esse “acidente” se tornou mais um dos crimes não resolvidos.

4 - YOGTZE


Gunther foi encontrado gravemente ferido no seu carro em 1984. O carro teria caído em um vala e os primeiros socorros foram dados de imediato. Infelizmente o homem morreu antes de poder explicar o que aconteceu para as autoridades, então uma perícia foi feita em seu corpo. Ele perceberam que na verdade, Gunther foi atropelado e colocado em seu carro por alguém. Verificando seu carro, foi encontrado apenas um bilhete escrito “YOGTZE”, mas ninguém sabe o que realmente isso significa, já que não é nenhuma palavra de nenhum idioma. Um dia antes, sua mulher teria ouvido ele dizer “Agora eu entendi” e depois anotou esse nome em um bilhete. Mais uma vez, ninguém sabe o que realmente acontece.

5 - Mary Money


Em 1905 no dia 24 de setembro, Mary Money foi encontrada mutilada e morta em um túnel ferroviário. Acreditava se que ela teria cometido o suicídio, mas não foi bem o que aconteceu. Existia um lenço em sua garganta, o que provavelmente teria sufocado ela. Os policiais refizeram seus passos e acharam acharam algumas testemunhas que teriam visto a mulher e outras que viram um homem saindo da estação. Nenhum homem com que ela se relacionava poderia ter matado ela.

6 - Vampiro


Não acredite que vampiros existem apenas na ficção. Lilly Linderson, uma prostituta divorciada de 32 anos, conheceu um “vampiro” quando foi fazer mais um programa. Sua amiga Minnie, achou estranho seu quarto trancado por tanto tempo então resolveu chamar a polícia que arrombou a porta e teve um surpresa nada agradável. Ele encontraram a Lilly de bruços com uma camisinha em seu ânus. Ela foi morta com três golpes na cabeça e um detalhe bem estranho foi encontrado próximo ao corpo, uma concha suja de sangue. A perícia, mais tarde, verificou que seu sangue tinha sido drenado e o assassino usou a concha para beber. Foram entrevistados vários clientes e nenhum assassino foi encontrado.

7 - Dois Mistérios


Alfred Rouse não foi muito inteligente na hora de forjar sua própria morte. Ele queimou o corpo de um homem depois de mata-lo com um martelo, mas foi visto saindo da cena do crime e depois foi enforcado. O homem queimado era supostamente Willian Thomas Briggs, que teria desaparecido no mesmo dia. Anos depois, em 2014, a família de Briggs resolveu fazer o teste de DNA e a partir daí surgiram dois mistérios. Quem Alfred realmente matou e o que realmente aconteceu com Wilian. 

0 comentários: